"Já que o mundo se encaminha para um delirante estado de coisas, devemos nos encaminhar para um ponto de vista delirante. Mais vale perecer pelos extremos do que pelas extremidades" Jean Baudrillard

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Lançada revista angolana de sociologia

14-07-2010 21:05
Estudos


Angop
Editor da Revista, sociólogo Paulo de Carvalho
Editor da Revista, sociólogo Paulo de Carvalho

Luanda  - A Sociedade Angolana de Sociologia (SASO) lançou hoje, em Luanda, três edições da Revista Angolana de Sociologia.

Segundo o seu director, Victor Kajibanga, quando procedia a apresentação no auditório da Faculdade de Letras e Ciências Sociais, a revista surge para ajudar, com o saber cientifico, epistemológico e hermenêutico, os docentes, discentes e a sociedade.

O revista visa ainda estimular o debate, acolhendo e difundindo textos que contribuem para um diálogo transdisciplinar, acrescentando que conta com a colaboração de angolanos e estrangeiros, não apenas na área de sociologia, como noutras das ciências humanas.

Acrescentou que promove mais um espaço de debate sobre temas actuais e relevantes da sociedade angolana, das sociedades africanas e do mundo contemporâneo em geral.

“A Revista Angolana de Sociologia não é dirigida só para sociólogos, abrange também outros especialistas das ciências sociais e humanas, mas a todos os interessados em compreender de maneira rigorosa a complexidade e os dinamismos dos fenómenos sociais contemporâneos”, disse.

A primeira edição e a segunda foram editadas em de 2008 e a terceira em Junho de 2009. a apresentação só aconteceu hoje devido as dificuldades financeiras que a organização atravessa.

A Revista Angolana de Sociologia tem como director o sociólogo Victor Kajibanga, como editor, Paulo de Carvalho, e ainda um conselho científico e editorial.

Estiveram presentes no lançamento o reitor da Universidade Mbuila Katiavala, o vice-decano da Faculdade de Letras, deputados, docentes, discentes e outros convidados.

Nenhum comentário:


Complexidade de um mundo carente de inteligibilidade sobre suas próprias questões...